terça-feira, 31 de maio de 2011

Mãe que nasceu pra ser mãe (Iza Garcia Miranda)


Nome:
Iza Garcia Miranda

Idade:
30 anos

Estado Civil:
casada

Quanto tempo de casado:
a Bruna chegou para comemorar 10 anos de amor entre papai e mamãe. Foram 7 anos de namoro e já estamos completando 4 anos de casados.

# de Filhos (com idade): -

# de Filhas (com idade):
uma filha (Bruna) de 7 meses.

Profissão:
advogada.

Trabalha, onde?
Assessora Parlamentar da CNT

(1)     Maior alegria de ser mãe?
Antes de ser mãe, era possível passar um dia inteiro sem dar uma única boa risada durante todo o tempo no trabalho ou em casa. Ainda que tivesse sido um dia bom, era possível sim passar um dia todo sem grandes emoções.
E depois que me tornei mãe, isso mudou completamente.
TODOS os dias sinto uma alegria imensa ao ver o sorriso da minha filha. Rio dela e com ela várias vezes. Me emociono com alguma reação nova ou novidade no desenvolvimento dela... e TODOS os dias eu me sinto FELIZ... e agradecida à Deus, por ter a Bruna na minha vida. 

(2)     Maior obstáculo de ser mãe?
Se sentir uma boa mãe é complicado. Por mais que a gente tenha a consciência de que estamos fazendo o melhor que podemos, tem sempre a tal da “culpa” e muita preocupação envolvida na minha auto-avaliação.  

(3)     Um modelo de mãe para você? (em que você se inspira?)
Naturalmente, aprendi a ser mãe com a minha mãe, afinal, é recebendo o amor da mãe que nós aprendemos a amar.   

(4)     O que mais gosta de fazer em família?
Adoro trazer a Bruna para a minha cama assim que ela acorda, nas manhãs de sábado e domingo. Brincar com ela e meu marido, embolados no edredon, é uma delícia. Aos domingos, esse programa é seguido de passeio à  pé, até uma confeitaria, para um café da manhã delicioso em família.    

(5)     Momento mais divertido/alegre/feliz?
O dia mais feliz da minha vida, sem dúvida, foi o inesquecível 11/10/2010, em que Bruna nasceu. Muitas mulheres se sentem incrivelmente apaixonadas por seus filhos ainda no início da gravidez. Comigo não foi assim. Curti a idéia, adorei ter estado grávida, mas me sentia na “expectativa de” ser feliz como mãe... e assim que vi a carinha da minha filha e ouvi o chorinho dela pensei “Que amor é esse?! Sou capaz de fazer qualquer coisa por essa menininha!”. Foi incrível. Adoro lembrar desse dia.

(6)     Melhor fase dos filhos para você?
Os primeiros meses de uma mãe de primeira viagem não são fáceis e, a partir dos 5 meses de idade, passei a curtir muito, todos os momentos com a minha filha. Penso que dali em diante, a melhor fase será sempre a atual... e eu vou sentir muitas saudades dela a partir de então. Porque ela está cada dia mais linda, doce, esperta, simpática, alegre... 

(7)     O que faria diferente e o que não faria de jeito nenhum?
Eu teria me preparado melhor em relação à amamentação. Subestimei essa dificuldade, achei que seria mais natural e fácil, como é para muitas mulheres, e sofri muito com a dor (física e emocional) em não ter conseguido amamentar por mais de 4 meses. E o erro que eu vou tentar evitar é o de me culpar por problemas que fogem do meu controle. Se fosse hoje, eu teria sofrido com o fato do meu leite ter começado a secar, inexplicavelmente... justamente porque foi inexplicável e, então, inevitável.   

(8)     Dica para as mães?
Aproveitem TODA a ajuda disponível. Tudo fica muito mais fácil quando não chegamos ao limite do cansaço.
  
(9)     Porque você nasceu pra ser mãe?
Eu diria para a minha filha: “Pra você guardei o amor que nunca soube dar...”, já que ela tem me ensinado muito mais do que eu à ela. E nasci para ser mãe porque só agora compreendi, de verdade, que a felicidade está nas pequenas coisas do dia-a-dia

Click to play this Smilebox greeting
Create your own greeting - Powered by Smilebox
Free greeting created with Smilebox

3 comentários:

Natinha disse...

Que lindo!! Achei seu blog justamente pelo da Iza. Adoro o blog dela tb!!
Ja estou seguindo!
beijossss

Roteiro Baby disse...

ADOREI ter participado da entrevista. Obrigada pelo convite. Fiz um post sobre isso lá no meu blog hoje!
Beijocas!!!

Tainah disse...

Natinha, que bom que está gostando! Faço tudo com muito carinho e com quatro pimpolhos em casa tenho aprendido bastante.

Iza, adorei sua participação! Obrigada! E adoro seu blog. bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...